Aquele que nada encontra

Lá está aquele homem que procura o tempo todo, que acredita quase sempre, que se entrega todo dia. Tem o rosto cansado e não sabe mais em qual deus crê, perdido entre as tantas rezas que lhe deram ao longo do caminho. Lá está o coitado que, a cada música, canta, que se emociona e acredita, aquele que julga ser vitória, mas não é.

Já tem seus anos de velhice, mas pensa como menino. Não se cansa de ser frágil, não se enfada de quebrar-se. Insiste nas coisas e pessoas, nas memórias e no futuro. É um crédulo irritante, que de tanto confiar no bem, torna-se piada solitária. Vive cercado de sombras e amores mal acabados, de perguntas sem respostas e julgamentos alheios. Todos o observam como louco e talvez de louco tenha muito, porque nada explica o grande fato: ele acredita. Acredita que o amor vale a pena, que há bondade nas pessoas, que os amigos lhe enxergam.

O velho louco que anda na praça, que pega frio, chuva e fé, contaminou-se de doença própria, que a ninguém mais afeta. Seus sintomas não nos contagiam, seus tremores não são nossos. Anda só pelas ruas, sob a dó de nossos olhos.

Sofre tantas decepções, no meio de tantas outras dores, e ainda prossegue querendo ser mais uma vez o alvo dos dardos alheios. De certo padecerá em breve, haja vista sua fraqueza e seus movimentos lentos, entretanto persiste em recomeços e entregas, idiota como só ele é.

Lá está aquele inútil, catador de vários lixos. É um lixo ele mesmo, corpo-depósito de todos os detritos. Lá está o velho homem, que já vive o paraíso, mas lá vive solitário sem ter com quem o divida. De todos os seus sentimentos, de toda sua crença, amor e benevolência, o que brota em nós é pena. Vai morrer transparente, numa lata de lixo, evanescendo brisa numa madrugada qualquer.

4 comentários

  1. Cada qual segue seu destino. São o que são, não são o que podem querer. Como tu, em teu talento para escrever: não escolheste, pelas Musas foste escolhido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s