Presente

Eis que a raiva e a revolta viraram tristeza. Já fui de enfrentar o mundo, mas hoje apenas me compadeço dele. Como seriam bem-vindos os gritos de protesto! Mas tudo que me chega à boca, nesse instante, são murmúrios de um choro preso. Essa sensação, de que não adianta lutar, talvez seja a forma mais cruel de condenação. Existe na minha garganta uma passeata branca e inexpressiva, um silêncio do quê dizer, porque tudo já foi dito.

Meus ideais, de tão limpos e claros, foram postos à margem da revolução dos imundos.  Tudo que vejo agora é a sombra da besta que se ergue das ruas, das mansões, das urnas. Minha fé foi metralhada e padece em seus últimos suspiros… Olho em volta, como uma Madalena imaculada, sob as miras das pedras que não mereço. É injusta a justiça, é cruel meu julgamento.

Tenho em mim um silêncio doente. Uma voz cheia de intenções, numa boca que não se move mais. Falta-me aquele brilho de outrora, a gana de combater o bom combate. Tudo é mentira e maldade, é tudo vantagem e guerra.

Como todo moribundo, prezo pelo descanso. Espero. Preciso, sim, desse momento de desilusão. Preciso me sentir à beira do abismo, como se não houvesse mais o próximo passo. Preciso sentir a dor dos injustiçados. Preciso perder a batalha. Preciso sentir. E então voltar com as cicatrizes, rumo a uma nova luta.

Estou calado, porque é necessário o luto por esse eu que sangra. Estou quieto, porque estou sarando as feridas. Fraco, para juntar novas forças.

Eles podem matar minha voz incômoda, mas minhas ideias correm pelo ar e se enraízam em outras bocas. Eles podem me matar na emboscada, mas eu ainda estarei presente. Em um novo levante, em um novo tempo, ressurgido com mais fome de luta. Deixem-me, por enquanto, velando um eu derrotado, que, em breve, estarei marchando de novo, de pé no fronte de batalha.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s